Austrália proíbe testes de cosméticos em animais em todo o país

O senado australiano acaba de assinar um projeto de lei que proíbe testes de cosméticos em animais em todo o país. Os legisladores aprovaram a lei como parte da “Industrial Chemicals Bills 2017”, um grupo de seis projetos de lei que regulam os produtos industriais do país. A Humane Society International (HSI) fez campanha para o governo aprovar o projeto, de acordo com um comunicado de imprensa no site da organização. Como o comunicado explicou, o projeto de lei inclui 11 medidas para garantir que todas as formas de testes com animais cosméticos sejam encapsuladas pela proibição. foto - who.com.au/ Além disso, o projeto de lei prevê financiamento que "apoiará o desenvolvimento e a adoção

Estudantes mexicanos criam concreto fotovoltaico que gera energia elétrica

Estudantes de doutorado do Instituto Politécnico Nacional (IPN), no México, desenvolveram um concreto fotovoltaico que tem a capacidade de gerar eletricidade quando irradiado com energia solar. O projeto surgiu da necessidade de usar materiais de construção mais inteligentes e ecologicamente corretos, informou o IPN em um comunicado. Na radiação solar, o México está localizado em uma posição privilegiada, assim que estados como Chihuahua, Sonora, Durango e Baja California tem mais radiação solar do que à média internacional. Tal situação, no futuro, poderia facilitar o uso desta tecnologia na área de concreto inteligente. foto - http://engenhariae.com.br Orlando Gutiérrez e Euxis Kismet

Permacultura empodera mulheres e alimenta 6 mil famílias refugiadas na Uganda

Em um campo de refugiados no norte da Uganda, localizado em uma cidade chamada Palabek, pessoas chegam com apenas algumas mudas de roupas em suas bagagens. Como “boas vindas” o governo consegue prover uma lona, tenda de vime, uma garrafa d’água, uma panela e um cartão que garante comida suficiente para enganar a fome. A África Subsaariana é lar de mais de 26% da população mundial de refugiados. A ONG African Women Rising (AWR) se organizou para educar mulheres e meninas na região de Palabek – focando na alfabetização, micro-finanças e agricultura. As lições de permacultura acabam fazendo a diferença na vida das pessoas, possibilitando prosperidade no novo lar. foto - thegreenest.com A pe

Austrália irá plantar 1 bilhão de árvores para combater a mudança climática

A Austrália estabeleceu a ambiciosa meta de plantar 1 bilhão de árvores até 2030, em um esforço para combater a mudança climática, melhorar as paisagens naturais e impulsionar a prosperidade econômica geral do país. O primeiro-ministro Scott Morrison anunciou que o projeto, parte de um novo Plano Nacional de Indústrias Florestais, removerá 18 milhões de toneladas de gases do efeito estufa do meio ambiente a cada ano até 2030 e, por sua vez, permitirá que a Austrália cumpra suas metas perante ao acordo de Paris. foto - thethings.com As árvores combatem as alterações climáticas, através de emissões de gases com efeito de estufa da atmosfera. Elas também purificam o solo e a água e ajudam a

Na Índia, 1,5 milhão de voluntários plantaram 66 milhões de árvores em 12 horas, quebrando o Recorde

Voluntários na Índia plantaram em julho de 2017 mais de 66 milhões de árvores em apenas 12 horas em uma campanha ambiental que bateu o recorde do Guinness. Cerca de 1,5 milhão de pessoas participaram da imensa campanha de plantio, na qual as mudas foram colocadas ao longo do rio Narmada, no Estado de Madhya Pradesh, durante todo o domingo (02/07/2017). foto - independent.co.uk A Índia comprometeu-se, sob o Acordo de Paris, a aumentar suas florestas em cinco milhões de hectares antes de 2030 para combater as mudanças climáticas. A campanha bateu o recorde de 2016, quando voluntários do estado de Uttar Pradesh estabeleceram um recorde mundial ao plantar mais de 50 milhões de árvores e

Glitter biodegradável é aposta sustentável para um carnaval consciente em 2019

O carnaval já chegou para todo o Brasil, e junto com ele as festas e consequentemente, a poluição. Além de sujar as ruas, o lixo entope os bueiros e contribui para o aumento das enchentes nesta época do ano. Poucas pessoas sabem, mas um dos grandes vilões do meio ambiente e da nossa saúde é o glitter, produto muito utilizado no carnaval, que são que pequenas partículas brilhantes de plástico, um material que não é biodegradável. Além de fazer mal para nossa saúde quando inalado, o glitter passa direto pelo sistema de filtração dos esgotos, fazendo com que as partículas cheguem nos rios e mares. O plástico é o maior poluente dos oceanos e lá o glitter é ingerido por peixes, ostras, p

Atlético-MG faz parceria e terá o primeiro CT 100% sustentável do Brasil

Nesta quarta-feira, o clube Atlético-MG anunciou o projeto para transformar o CT (centro de treinamentos) no primeiro 100% sustentável do Brasil. O projeto é uma parceria com a EcoCidades, empresa que disponibiliza soluções ambientais e que também estampará sua marca no uniforme do clube. O projeto de sustentabilidade da Cidade do Galo inclui a coleta seletiva dos resíduos produzidos no centro de treinamento. Todo o lixo produzido pelo Atlético em seu CT será 100% reciclado no sistema de triagem e compostagem. Mensalmente são produzidos cerca de 35 mil quilos de resíduos na Cidade do Galo. foto - globoesporte.globo.com A Cidade do Galo será o primeiro centro de treinamentos do Brasil que

RJ é primeiro Estado do Brasil a proibir carroças puxadas por animais

O uso de cavalos e jumentos para puxar carroças e charretes nos grandes centros, seja para o transporte de cargas ou pessoas, está proibido no estado. A lei 7.194/2016, de autoria do deputado estadual Dionísio Lins (PP), foi sancionada pelo governador Luiz Fernando Pezão. A lei, no entanto, abre exceção para os animais utilizados em áreas rurais do estado, onde são necessários como meio de locomoção e sustento, e em atividades turísticas, como as promovidas na Praça Xavier de Brito, conhecida como Praça dos Cavalinhos, na Tijuca, na Ilha de Paquetá e em Petrópolis. foto - hypeness.com.br Quem for flagrado descumprindo a nova determinação será punido de acordo com a legislação vigente rel

Prefeito de Seul planeja fechar os matadouros de cães remanescentes da cidade

Comer cães infelizmente ainda é uma prática comum em alguns países ao redor do mundo. Mas o prefeito de Seul, Park Won-soon, está tentando conseguir fazer com que a capital da Coréia do Sul não produza mais carne de cachorro. No sábado, 9 de fevereiro, o prefeito Park anunciou que o governo de Seul planeja fechar os abatedouros de cachorros remanescentes na cidade, informou o Korea Times. "No passado, tínhamos vários açougues para cachorros em Cheongnyangni, mas fechei quase todos eles por várias medidas", disse Park a uma platéia após a exibição do novo filme de animação coreano Underdog, segundo o The Korea Times. "Atualmente, um ou dois matadouros de cães permanecem. Eu não posso forç

Häagen-Dazs, Gilette e outras 23 grandes marcas se unem em projeto lixo zero para revolucionar o con

25 das maiores marcas do mundo se uniram para realizar o projeto Loop, que irá oferecer aos clientes embalagens recarregáveis ​​e reutilizáveis ​​- como recipientes de vidro ou aço inoxidável - em vez das opções padrão descartáveis ​​que aumentam a quantidade de lixo no mundo. Durante a Reunião Anual do Fórum Econômico Mundial, empresas como a “P & G”, Pantene, Häagen-Dazs da Nestlé, Gillette, Hellmann’s, Oral-B, Ariel, Febreze, Pampers, Pepsico, Quaker e outras mais, anunciaram sua participação no programa. A iniciativa é um esforço colaborativo entre as marcas mencionadas e a empresa norte-americana de reciclagem TerraCycle, que lançou a ideia há um ano. Semelhante à Amazon, o

Projeto "Banho da Alegria" dá ducha de dignidade para moradores de rua no Rio de Janeiro

Um chuveiro itinerante está dando uma “ducha” de dignidade e cidadania para pessoas em situação de rua no Rio de Janeiro. Batizado de Banho da Alegria, o projeto social permite a essas realizarem, gratuitamente, a higiene básica. Uma iniciativa da estudante Ana Paula Rios, 31 anos, e da psicóloga Marihá Lopes, 30 anos, moradoras do bairro Engenho Novo, na Zona Norte. foto - thegreenestpost.com Ambas já faziam trabalhos sociais, especialmente na área da Saúde, mas quiseram ir além. A estrutura, uma espécie de trailer adaptado, tem dois chuveiros: um com água fria e outro com água quente. O pai de Ana, o soldador autônomo Paulo da Costa Rios, levou uma semana para construir o chuveiro itineran

Nestlé vai eliminar canudos de plástico de seus produtos

Uma das maiores e mais importantes empresas do ramo alimentício – Nestlé, anunciou que pretende eliminar os canudos de plástico de todos os seus produtos, sendo que a partir de fevereiro começará a utilizar materiais alternativos. A transnacional suíça também anunciou que pretende retirar de circulação todos os plásticos não recicláveis ou de difícil reciclagem de seus produtos, entre 2020 e 2025. foto - hypeness.com.br Medidas como esta são essenciais para que outras empresas e até mesmo os cidadãos, passem a seguir este exemplo. A questão dos plásticos, sobretudo nos oceanos, é de saúde pública e diz respeito a todos nós. O primeiro produto que receberá novas embalagens será o Nesq

Bilionário norueguês do petróleo constrói navio que vai remover e reciclar 5 toneladas de plástico d

Até 2050, os oceanos conterão mais plástico que peixe, de acordo com um relatório do Fórum Econômico Mundial (WEF). Esse fato chocou o bilionário norueguês Kjell Inge Røkke, que decidiu investir parte de sua fortuna na limpeza dos mares. O barão do petróleo - que também é o décimo homem mais rico da Noruega, segundo a revista Forbes - construirá até o final de 2020 o maior iate do mundo, que espera estar em operação até 2021, e que irá remover cinco toneladas de plástico do oceano por dia. foto - realclearlife.com Pescador em sua juventude, Røkke iniciou sua trajetória profissional no mar e disse, em comunicado à imprensa norueguesa, que a iniciativa é uma maneira de retornar ao mar part

Vendedor de coco de Belém inova e substitui o canudo de plástico por canudo de bambu, evitando 8 mil

A venda de água de coco sempre foi a principal fonte de renda do comerciante Said Baleixo Trindade, que trabalha há 29 anos em uma barraca na Praça Batista Campos, em Belém. Os rumores de que o uso dos canudos de plástico seriam proibidos preocuparam o vendedor. Então, Said transformou sua preocupação algo sustentável e rentável: "criou" os canudinhos de bambu. foto - blogdobg.com.br "Surgiu o boato de que o canudinho de plástico iria acabar e aí eu pensei: bom, eu vivo e sobrevivo do coco. Se acabar o canudinho, como vou sobreviver?. Então veio a ideia de fazer o canudinho de bambu", conta Said, que afirma ter aumentado sua venda em 40% desde que começou a usar o novo material. "Te

Notícias em destaque
Recent Posts
Arquivo
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2018 by Ideologia Coletiva. Todos os direitos reservados.