Estudante cria 5 mil abelhas em apartamento de 42 m² no centro de São Paulo

Um estudante está fazendo um experimento inusitado no centro de São Paulo: criar 5 mil abelhas na sala de seu apartamento de 42 m². Para tornar isso possível, Celso Barbieri Jr., de 24 anos, teve de contornar alguns problemas. O apartamento não tem sacada e ele precisa manter a janela da sala fechada para que sua gata não fuja. A solução foi montar as colmeias em duas caixas de madeira que ele mantém em uma prateleira sobre a janela. Também criou um sistema de "túneis" feitos com canos de PVC – para que as abelhas saiam para se alimentar –, que tem até uma entrada de madeira para simular uma árvore. foto - bbc.com Depois, o mais difícil foi pensar em um toldo na ponta de um dos canos par

Supermercado na Tailândia troca embalagens de plástico por folhas de bananeira

Um supermercado em Chiangmai, na Tailândia, está testando uma alternativa para evitar o uso excessivo de plástico que embalam frutas e legumes. A solução encontrada pela Rimping Supermarket foi utilizar um material resistente, que existe em abundância, totalmente orgânico e ainda muito bonito: a folha de bananeira. A Índia usa folhas de bananeira para pratos de arroz durante séculos, enquanto as vizinhas China, Tailândia, Vietnã e Malásia utilizaram o engenhoso truque para embrulhar alimentos durante o mesmo tempo. No Brasil também foi muito utilizado pela cultura indígena e caiçara. O Rimping Supermarket foi inteligente em sua escolha de usar especificamente as folhas de bananei

Boliviana constrói casas com garrafas PET para famílias carentes em apenas 20 dias

Apaixonada por artesanato desde pequena, a boliviana Ingrid Vaca Diez decidiu dar uma utilidade mais nobre para as montanhas de garrafa PET que guardava em casa para fazer trabalhos manuais. Há 15 anos, o material é usado por ela para construir casas para famílias em situação de extrema pobreza, por meio do projeto Casas con Botellas (“Casas de Garrafas”, em espanhol). foto - thegreenestpost.com A ideia surgiu após muita pesquisa. Ingrid descobriu a fórmula ideal para a construção sustentável: PETs, uma espécie de cimento ecológico – preparado com barro, açúcar, mingau e linhaça – e muita vontade de fazer o bem. É que para cumprir a meta de construir cada casa em, apenas, 20 dias, a

Italianas criam seda vegana feita do bagaço da laranja que produz tecidos leves e sustentáveis

A indústria da moda ocupa o segundo lugar no ranking das mais poluentes, sendo que boa parte do que é produzido acaba, de uma maneira ou de outra, gerando impacto ambiental. Dados como este deixam claro a necessidade desse setor se reinventar, encontrando outros materiais, como por exemplo a seda vegana feita do bagaço da laranja. foto - orangefiber.it Desenvolvida por duas italianas – Adriana Santanocito e Enrica Arena, a empresa Orange Fiber reaproveita o insumo proveniente da indústria italiana de suco de laranja, cerca de 700 mil toneladas por ano, para criar um tecido que promete revolucionar a moda de luxo. Feita a partir da celulose do bagaço, a seda é leve, suave e pode ser opac

Paletes feitos de casca de coco poupam 200 milhões de árvores por ano

O palete é um item de decoração rústica que reaproveita um material já em desuso. Agora imagine um palete que ganha nova vida útil desde sua origem. É disto que se trata a CocoPallet ao criar paletes duráveis, resistentes ao fogo e feitos a partir de cascas de coco. Usar esta parte do coco não é exatamente uma novidade. Basta olhar a quantidade de cordas, vasos e tapetes que são criados usando fibra de coco. Mas, a empresa holandesa aperfeiçoou o processo tendo como inspiração uma técnica indonésia primitiva. Eles usam uma macromolécula chamada lignina como aglutinante natural, de forma que não há necessidade de resinas sintéticas, como as usadas normalmente em paletes de madeira. f

Beto Carrero substitui canudos plásticos e estima evitar um milhão de unidades por ano

Consciente da causa ambiental, e com foco sustentável no seu dia a dia, o Beto Carrero World passou a substituir os canudos plásticos por canudos de papel, que são biodegradáveis e não oferecem risco à vida marinha. A estimativa é que a iniciativa elimine 1 milhão de canudinhos do planeta por ano. “Temos uma conexão ambiental diária e aqui fica uma base do Projeto Tamar, uma das mais bem-sucedidas experiências de conservação marinha e que serve de modelo para outros países, sobretudo porque envolve as comunidades costeiras diretamente no seu trabalho socioambiental”, destaca Kátia Cassaro, bióloga do Beto Carrero World. foto - amanha.com.br Todos os estabelecimentos que servem alimentaçã

Maior usina solar urbana do Brasil é instalada na cobertura de um supermercado em Goiânia

Quem faz compras no Assaí Atacadista da Avenida Independência, em Goiânia (GO), ao lado do Parque Mutirama, não imagina, mas está embaixo da maior usina solar urbana do Brasil. Com mais de 2.800 placas fotovoltaicas, ela foi construída na cobertura do supermercado e garantirá a produção de 1.500 MWh de energia limpa todos os anos. Para ter uma idéia, trata-se da quantidade de eletricidade gasta por 757 residências em um período de 12 meses. foto - thegreenestpost.com A instalação foi feita em parceria com a consultoria internacional GreenYellow e deve reduzir em cerca de 40% os gastos com energia do Assaí Atacadista, que também possui outra iniciativa bem bacana relacionada à sustent

Instituto de Sebastião Salgado já recuperou 2000 nascentes no Vale do Rio Doce

Quando Sebastião Salgado e a editora e produtora Lélia Wanick Salgado chegaram na Fazenda Bulcão, em Aimoirés (MG), o cenário era desolador. O local em que o fotógrafo havia passado sua infância tinha na época pouquíssimas árvores e o córrego havia secado. Lélia foi a primeira a dar a ideia, logo aceita por Sebastião: eles iriam plantar uma floresta ali. Com a união de forças, o casal reuniu parceiros, captou recursos e, em 1998, fundou o Instituto Terra, com o objetivo de devolver à natureza o que havia sido destruído após décadas de degradação ambiental. foto - institutoterra.com.br Em dezembro de 1999 foram plantadas as primeiras mudas na propriedade. Um ano depois, com o apoio do

James Bond irá dirigir Aston Martin elétrico em novo filme para promover consciência ambiental

O mundialmente famoso personagem James Bond, o agente 007, tem duas características icônicas em seus filmes: ele toma um martíni “batido, não mexido”; e dirige um poderoso Aston Martin, marca britânica de carros de luxo. Mas o amado personagem deu seu primeiro grande passo pelo meio ambiente. Conforme relatado pelo The Sun, o ator Daniel Craig dirigirá um carro elétrico da marca Aston Martin no próximo filme de James Bond em 2020. foto - theguardian.com Um carro elétrico, claro, tem tudo a ver com a realidade do século 21: aquecimento global e poluição desenfreada pela queima de combustíveis fósseis. Nesse cenário, as bicicletas ganham espaço e os carros se tornam, cada vez mais, vilões.

Sueca de 16 anos é indicada ao Nobel por 'greve climática'

A ativista sueca de 16 anos, Greta Thunberg, responsável por liderar uma greve estudantil para exigir medidas contra as mudanças climáticas na Europa, foi indicada para o Prêmio Nobel da Paz de 2019. A informação foi revelada nesta quinta-feira (14) por um dos três parlamentares noruegueses do Partido da Esquerda Socialista que lançaram a iniciativa. "Nós nomeamos Greta porque a mudança climática, se não for barrada, será a principal causa das guerras, dos conflitos e do fluxo de refugiados futuros", afirmou o deputado Freddy Andre Oevstegaard. foto - epocanegocios.globo.com/ Segundo os políticos, "o gigantesco movimento que Greta colocou em ação é uma contribuição muito importante p

Bruxelas irá plantar uma árvore para cada bebê nascido

Como parte de seu compromisso com o meio ambiente e a agenda de 2030, a cidade de Bruxelas irá plantar uma árvore para cada cidadão nascido, e assim contribuir com a redução de 30% das emissões de CO2 até 2025. A campanha informará os pais dos recém-nascidos desta ação através de um pequeno cartão uma vez que o nascimento é registrado. Esta campanha tem o mérito de fazer com que as ações de reflorestamento se aproximem dos cidadãos. foto - koukoutza.com O impacto estimado desta medida é uma redução de cerca de 13 toneladas de Co2 por ano, o equivalente a tirar 4 ou 5 carros da estrada por árvore plantada. Existem projetos no site do plano de mudanças climáticas da cidade, como o uso

Projeto utiliza reciclagem de tampinhas para financiar a castração de pets sem lar

No hall dos temas determinantes para o futuro do planeta, a reciclagem está no topo das urgências. A Terra, porém, não é somente casa da humanidade, e o bem-estar de outros animais é também assunto de importância aguda. Um projeto em Santa Catarina decidiu reunir as duas causas, e utiliza a reciclagem de tampinhas plásticas para bancar a castração de pets sem lar ou de famílias de baixa renda. foto - hypeness.com.br Idealizado por Natália de Carvalho Nadi, o Ecopet parte de trabalhos voluntários nas cidades de Palhoça, São José, Biguaçu e na capital, Florianópolis – é para mais de 438 pontos de coleta nessas cidades que as tampinhas são enviadas. Devidamente separadas e recicladas,

Despoluição da Baía de Guanabara (RJ) conta com apoio do governo federal e Ministério do Meio Ambien

Em cerimônia realizada no Rebocador Laurindo Pitta, no Porto do Rio de Janeiro, órgãos dos governos federal e fluminense, além de entidades da sociedade civil, assinaram uma carta de intenções para a despoluição da Baía de Guanabara. O acordo foi firmado no sábado (16/02) entre o Ministério do Meio Ambiente (MMA), Marinha do Brasil, Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade do Rio de Janeiro, Fundação SOS Mata Atlântica, AquaRio, Museu do Amanhã e Instituto Rumo Náutico, entre outras instituições. A carta de intenções confirma o interesse comum na implementação de ações que possam reduzir a poluição das águas daquele que é um dos principais cartões-postais do Rio de Janeiro

Rússia ordena libertação de 100 baleias em cativeiro após pressão do ator Leonardo DiCaprio

Autoridades russas ordenaram a liberação de 100 baleias orcas e belugas (baleia-branca) em cativeiro após a pressão do ator Leonardo DiCaprio. Imagens mostrando os animais majestosos sendo mantidos em cercados apertados na costa do Pacífico da Rússia receberam uma onda de críticas desde a sua primeira aparição no ano passado. O Kremlin disse que cinco filhotes de morsas, 11 orcas e 90 filhotes de belugas foram mantidos em condições de crueldade por proprietários que planejavam vendê-los a aquários chineses. O serviço de segurança federal da Rússia, o FSB, apresentou acusações contra quatro empresas por infringirem as leis de pesca. foto - nationalgeographic.com No entanto, as baleias ain

Tartaruga gigante de Galápagos dada como extinta há 100 anos é reencontrada

As Ilhas Galápagos, localizadas no Oceano Pacífico, ficaram famosas por serem o local onde Charles Darwin iniciou seus estudos sobre a evolução em meados do século 19. Quando Darwin visitou as Ilhas, em 1835, o arquipélago vulcânico abrigava 15 espécies diferentes de tartarugas gigantes. Quase 200 anos depois, mais de 100.000 dessas criaturas foram mortas por diversos fatores (que incluem a ação humana), e hoje existem apenas cerca de 10 espécies, muitas delas criticamente ameaçadas de extinção. Uma destas, a tartaruga gigante de Fernandina (Chelonoidis phantasticus), listada como possivelmente extinta pelos grupos de conservação, acaba de reaparecer. Ela estava desaparecida há mais

Adidas já vendeu mais de 1,5 milhão de tênis ecológicos feitos de plástico oceânico

A Adidas reciclou mais de 5.500.000 garrafas plásticas, vendendo mais de 1.500.000 de tênis UltraBoost em 2017-2018 feitos de plástico recuperado dos nossos oceanos. O mundo inteiro está pedindo que as grandes empresas intervenham e façam sua parte para ajudar a restaurar, limpar e preservar o meio ambiente. Adidas reconhecendo que há um grande problema em nossos oceanos, decidiu intervir e tomar medidas, dando grandes passos em direção a produtos sustentáveis. Em parceria com a iniciativa ambiental Parley for the Oceans, foi lançado o tênis de corrida UltraBoost. Cada par consiste em aproximadamente 11 garrafas plásticas. Inspirado nas estatísticas, o CEO Kasper Rorsted lançou desde

Banheiros químicos do carnaval na Barra da Tijuca transformam resíduos em frutas orgânicas

A marca carioca “Qban – Banheiros Irados”, responsável pelos banheiros químicos dessa região, faz com que todo o resíduo coletado vire frutas orgânicas que são vendidas nas feiras do Rio. A Qban é a primeira marca conceito de banheiros químicos para eventos que garante sintonia total com o meio ambiente utilizando 100% de produtos biodegradáveis e garantindo destinação correta dos resíduos passando pelo transporte até a estação de tratamento de efluentes da Action Shop, grupo de empresas do qual faz parte. foto - thegreenestpost.com Tudo isso é possível graças ao projeto da estação de tratamento de efluentes do grupo Action Shop, localizada no município de Cachoeiras de Macacu, que util

Caroço de abacate vira talher biodegradável no México

Folhas de árvores podem virar pratos, amido de inhame é usado para criar canudos e banana verde se transforma em diversos tipos de recipientes ecológicos. Estamos falando apenas de algumas das possibilidades que têm surgido para amenizar o impacto que produtos descartáveis têm causado no meio ambiente. Atenta ao mercado, a empresa mexicana “BioFase" está apostando em um subproduto bastante conhecido: o caroço de abacate. foto - ciclovivo.com.br Talheres e canudos fabricados pela companhia têm a matéria-prima ecológica em 60% de suas composições e outros 40% são formados por compostos orgânicos sintéticos. O produto final promete ser adequado para comidas quentes e frias, além de ser

NASA afirma que a Terra está mais verde hoje do que há 20 anos, graças à China e Índia

De acordo com a NASA, o mundo é hoje um lugar mais verde do que há 20 anos. O que motivou a mudança? Segundo a NASA, a China e a Índia podem receber a maior parte do crédito. Em contraste com a percepção da disposição da China e da Índia de explorar em demasia a terra, a água e os recursos para obter ganhos econômicos, os países são responsáveis ​​pelo maior esverdeamento do planeta nas últimas duas décadas. foto - forbes.com Os dois países mais populosos implementaram programas ambiciosos de plantio de árvores e ampliaram sua implementação e tecnologia em torno da agricultura. A Índia continua batendo recordes mundiais no plantio de árvores, com 1.5 milhões de indianos plantando 66 mil

Notícias em destaque
Recent Posts
Arquivo
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2018 by Ideologia Coletiva. Todos os direitos reservados.