Apresentação de animais selvagens será proibida em circos na França

A França vai proibir progressivamente os espetáculos com animais selvagens nos circos itinerantes do país. A apresentação, reprodução e aquisição de novas baleias orcas e golfinhos nos três parques aquáticos franceses também será proibida segundo anuncio nesta terça-feira (29) da ministra da Transição Ecológica, Barbara Pompili. A ministra, que apresentou um conjunto de medidas para o "bem-estar da fauna selvagem em cativeiro", também noticiou o fim da criação de visons-americanos destinados à fabricação de roupas. Ela destacou que a "atitude em relação aos animais selvagens em nossa época mudou". Passou da hora para que nosso fascínio ancestral por estes seres selvagens não se traduza mais

Museu ecológico de Londres inaugura a escultura ‘Flower Girl’, que atrai as abelhas

Uma escultura instalada no jardim do Museu Horniman, amigo do ambiente, no sul de Londres, oferece benefícios físicos diretos para todas as criaturas vivas nas proximidades. Flower Girl da artista Jasmine Pradissitto é inteiramente feita de NoxTek, um geopolímero de cerâmica de origem sustentável que absorve a poluição de dióxido de nitrogênio do ar. A obra retrata o rosto de uma mulher adormecida emoldurada por folhas giratórias. A escultura desempenha a função ativa adicional de ser capaz de absorver até 15% de seu próprio peso em moléculas de dióxido de nitrogênio. Quando chove, as toxinas absorvidas são lavadas, permitindo a ingestão contínua de poluição do ar circundante. Dado que o mus

Botos-cor-de-rosa retornam a Hong Kong após 6 anos devido a diminuição do tráfego de balsas

Desde março, houve um aumento de 30% no número de botos-cor-de-rosa vistos no Rio das Pérolas, em Hong Kong. Desde o início da pandemia, houve menos tráfego no rio de barcos e balsas. Isso tornou as águas ao redor muito mais calmas e silenciosas, o que encorajou os botos-cor-de-rosa a voltarem. Os mamíferos - também conhecidos como golfinhos cor de rosa - estavam voltando para partes do Delta do Rio das Pérolas que eles normalmente evitariam por causa das balsas que ligam Hong Kong a Macau. Cientistas tiveram a rara chance de estudar os mamíferos e ver como o ruído da água os afeta. Eles usaram drones e pequenos microfones para observar os botos e descobriram que a população havia aumentado

Considerado extinto na natureza, cão cantor da Nova Guiné é encontrado na Indonésia após 50 anos

Pesquisadores descobriram que o cão cantor da Nova Guiné não está extinto e ainda vive na natureza, afirma estudo publicado na revista "Proceedings of the National Academy of Sciences" na segunda-feira (31/08). O cão cantor da Nova Guiné é uma espécie de canídeo conhecida por um uivo característico que justifica seu nome. O animal costuma viver nas áreas mais altas da ilha dividida pela Indonésia e pela Papua-Nova Guiné. Foto - exame.com Até a descoberta, o último registro do mamífero em seu habitat datava da década de 1970. Estima-se que de 200 a 300 exemplares da espécie vivam em cativeiro. No entanto, relatos dos moradores do lado indonésio da ilha de Nova Guiné informavam uivos c

Filipinos criam máscaras feitas de bananeira que se degradam em 2 meses

Se hoje, com o objetivo de conter a pandemia as máscaras passaram a ser obrigatórias em grande parte do mundo, o descarte incorreto das máscaras descartáveis está se transformando em um real problema ambiental. Por isto, novas soluções precisam ser encontradas o quanto antes. Um grupo de cientistas do Departamento de Ciência e Tecnologia das Filipinas parece ter encontrado a resposta na própria natureza, já que a fibra de uma espécie de bananeira nativa do país – o abacá, é a nova matéria-prima para máscaras e, além de mais fácil de processar e mais barata de criar do que uma máscara de plástico, é totalmente biodegradável. Se a alternativa ainda não chegou por aqui, nas Filipinas está cresc

Projeto de lei Jardins de Mel: incentivo à criação de abelhas sem ferrão é aprovado em Cascavel

Foi aprovado por unanimidade no dia 31 de agosto o Projeto de lei 20/2020, que cria o projeto Jardins de Mel em Cascavel. De autoria do vereador Celso Dal Molin (PL), a proposta tem por objetivo a divulgação e conservação das abelhas nativas sem ferrão e a instalação de meliponários em escolas, hortas comunitárias, praças, zoológico e outras áreas verdes públicas dentro do perímetro urbano de Cascavel. Mais de 50 caixas já foram instaladas em toda a cidade, em casas, condomínios, praças, escolas e outras instituições. Serão oferecidos cursos de capacitação para formação dos guardiões das abelhas sem ferrão para a comunidade e interessados, que também podem entrar em contato com o vereador pa

Senado aprova aumento da pena por maus-tratos contra cães e gatos

O Senado Federal aprovou nesta quarta-feira (9) a ampliação da pena prevista ao crime de maus-tratos de cães e gatos. O PL (Projeto de Lei) 1.095/2019 também prevê punição a estabelecimentos comerciais que facilitarem o crime. Como já foi aprovado na Câmara no final do ano passado, o projeto segue para a sanção do presidente Jair Bolsonaro. Caso seja validado, o texto entrará em vigor imediatamente. foto - bemminas.com.br Pelo texto aprovado, a prática de abuso, maus-tratos, ferimento ou mutilação aos pets passa a ser punida com pena de reclusão, de dois a cinco anos, além de multa e proibição de guarda. Atualmente, a pena é de detenção, de três meses a um ano, e multa. Apresentado pelo

'Kaavan'. Após 35 anos o "elefante mais solitário do mundo" será libertado em san

Kavaan, que ficou conhecido nas redes sociais como o "elefante mais solitário do mundo", será libertado em um santuário de vida selvagem, depois de viver 35 anos em um pequeno espaço no zoológico de Marghazar, no Paquistão. De acordo com a ONG Four Paws, responsável pelo animal, Kavan recebeu autorização para viajar e será realocado em um santuário, provavelmente no Cambodia, onde terá a companhia de outros de sua espécie. foto - theguardian.com Kavaan passou por avaliação física, e foi constatado sobrepeso decorrente de má nutrição e falta de exercício. De acordo com o veterinário da ONG Amir Khalil, no entanto, ele está forte o suficiente para viajar. O elefante vive sozinho no zoo

Com vagões informativos, projeto usa ‘trenzinho’ para conscientizar sobre abandono animal em Fortale

Uma ação na Praça do Ferreira quer chamar atenção para o abandono animal em Fortaleza. É um trenzinho informativo do projeto Amor Animal, parte da organização não-governamental (ONG) Instituto André Araújo. O carrinho circula desde junho, de segunda a sexta, levando, nos vagões, informações sobre resgate e maus-tratos de bichinhos. Além de sensibilizar para a causa, a iniciativa tem como objetivo recolher assinaturas para a construção de um hospital veterinário público na capital. A campanha já trouxe resultados positivos, como destaca Fabiola Simonetti, coordenadora de marketing e comunicação do instituto. Em média, 350 assinaturas são recolhidas por dia de circulação. As assinaturas serão

Unilever vai investir 1 bilhão de euros para eliminar combustíveis fósseis de seus produtos de limpe

A Unilever vai investir 1 bilhão de euros (US $ 1,2 bilhão) para acabar com o uso de combustíveis fósseis na produção de suas marcas de produtos de limpeza e lavanderia até 2030. A empresa de produtos de consumo disse na quarta-feira (02/09) que até o final da década, produtos domésticos como Omo, Sunlight, Cif e Domestos serão feitos usando apenas carbono renovável ou reciclado. foto - bloomberg.com Isso significa trocar produtos petroquímicos por materiais provenientes de plantas e algas marinhas, bem como materiais recuperados de resíduos de plástico e CO2 capturado durante os processos de produção. Como indústria, devemos quebrar nossa dependência de combustíveis fósseis, inclusi

Sistemas agroflorestais geram renda para pequenos agricultores no Distrito Federal

Lucas Rosa Duarte, de 19 anos, mora no assentamento Canaã, em Brazlândia, cidade satélite localizada a 50 km de Brasília. O local é uma das regiões onde estão sendo implantados Sistemas Agroflorestais (SAFs) Mecanizados, no Distrito Federal. Já pensei em ir embora, porque aqui a vida sempre foi muito dura. Mas a agrofloresta me incentivou a ficar e ajudar meus pais a ver isso tudo crescer”, revela. foto - ciclovivo.com.br Sua vizinha, Maria dos Reis, também está otimista. “Agora, com a agrofloresta, vamos ter a possibilidade de colher o ano todo e comer sem veneno. A vida vai ficar mais fácil”, afirma. Além de gerar renda para pequenos agricultores como a família de Lucas e de Maria, os SAFs

A Prada, marca de luxo italiana, anunciou que não usará mais couro de canguru

A Prada, marca de moda italiana considerada símbolo de luxo, está oficialmente eliminando o couro de canguru de todas as suas coleções. Você leu certo: a grife usa pele de canguru para fazer couro há anos - mas isso agora acabou. O Grupo Prada confirmou a notícia à organização italiana de direitos dos animais LAV no início desta semana. De acordo com a LAV, a Prada tomou a decisão em resposta à campanha da LAV chamada #salvacanguri (tradução: salvem os cangurus). foto - greenmatters.com Como o Grupo Prada declarou em uma carta, daqui em diante, todas as marcas do Grupo Prada, que incluem Prada, Miu Miu, Church's e Sapatos para Carros, não comprarão mais couro de canguru. Estamos muit

Notícias em destaque
Recent Posts
Arquivo
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2018 by Ideologia Coletiva. Todos os direitos reservados.