Havaí aprovou a proibição de protetores solares com produtos químicos prejudiciais aos recifes de co

Os legisladores do Havaí aprovaram na terça-feira uma lei que proíbe a venda de protetores solares prejudiciais aos ecossistemas oceânicos, incluindo os recifes de corais. O projeto, quando assinado pelo governador David Ige, fará do Havaí o primeiro estado dos EUA a promover tal proibição, que entrará em vigor em 1º de janeiro de 2021.

foto - lazertecnologia.com

"Esses produtos químicos presentes nos protetores também demonstraram degradar a resiliência dos corais e a capacidade de se ajustar aos fatores da mudança climática e inibir o nascimento de novos corais", explica o texto do projeto. A medida, introduzida pelo senador estadual Mike Gabbard, proíbe a venda e distribuição de quaisquer protetores solares contendo oxibenzona e octinoxato. No entanto, protetores solares de prescrição médica contendo esses produtos químicos não serão afetados pela proibição.

foto - thehill.com

"Surpreendentemente, esta lei é a primeira no mundo", disse Gabbard ao Honolulu Star-Advertiser. "Então, o Havaí está definitivamente na vanguarda ao proibir esses produtos químicos perigosos em protetores solares." "Quando você pensa sobre isso, nossa ilha paradisíaca, cercada por recifes de corais, é o lugar perfeito para definir o padrão ambiental para o mundo seguir", acrescentou Gabbard, cuja filha é a deputada norte-americana Tulsi Gabbard. "Isso fará uma enorme diferença na proteção de nossos recifes de coral, vida marinha e saúde humana".

Fonte - http://thehill.com/business-a-lobbying/385823-hawaii-lawmakers-pass-bill-banning-sunscreens-with-chemicals-harmful-to

Notícias em destaque
Notícias recentes
Arquivo
Siga-nos
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

© 2018 by Ideologia Coletiva. Todos os direitos reservados.