© 2018 by Ideologia Coletiva. Todos os direitos reservados.                                 

Ministério do Meio Ambiente determina a aplicação de planos de preservação e recuperação de 13 espécies aquáticas ameaçadas

May 14, 2018

 

Para proteger espécies que correm risco de extinção, o Ministério do Meio Ambiente publicou portarias que fortalecem a conservação de 13 peixes e invertebrados aquáticos. Atualmente, a pasta estima que existam 475 espécies de animais dessas classificações em risco, 9% das mais de 5,4 mil encontradas no País.
 

Os documentos especificam ações para a preservação do bagre-branco (Portaria nº 127); do guaiamum, goiamum, caranguejo-azul e caranguejo-do-mato (Portaria nº 128); do budião-azul, budião-palhaço, budião-ferrugem e budião-batata (Portaria nº 129); e de algumas espécies conhecidas como cascudinhos ou joaninha-da-pedra nas bacias dos rios Xingu e Tapajós (Portaria nº 130).

                                                                          Foto - Guaiamum (www.maraunoticias.com.br)

 

 

As ações envolvem planos de manejo e também de recuperação, incentivando o equilíbrio entre a exploração e a preservação da fauna brasileira. As regras específicas de manejo serão publicadas em trabalho conjunto realizado pelo Ministério do Meio Ambiente e pela Secretaria Especial de Pesca e Aquicultura.

 

Já as regras para a recuperação serão definidas por estudos aprofundados sobre cada espécie e podem ser consultados na página sobre peixes e invertebrados aquáticos ameaçados. Entre as medidas possíveis estão aquelas que aumentam a sustentabilidade das atividades pesqueiras e também a proibição de captura para espécies com risco muito alto de extinção.

 

Segundo o diretor do Departamento de Conservação e Manejo de Espécies, Ugo Vercillo, informações técnicas garantem que é possível aliar a recuperação e preservação das espécies com o manejo sustentável. “Isso é especialmente importante para aquelas espécies utilizadas pela pesca artesanal e pelas comunidades tradicionais, que muitas vezes dependem deles para garantir sua segurança alimentar”, lembra.

 

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Ministério do Meio Ambiente (MMA)

Please reload

Notícias em destaque

Família peruana cria laptop ecológico feito de madeira que é recarregado pelo sol e pode durar 10 anos

August 14, 2020

1/10
Please reload

Notícias recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga-nos
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle