Índia tem o primeiro aeroporto alimentado por painéis solares do mundo

Cansados ​​da gigante conta de eletricidade e em busca de fontes renováveis, os gerentes do aeroporto internacional de Cochin, no sul da Índia, resolveram as coisas por conta própria. Três anos atrás, eles começaram a adicionar painéis solares - primeiro no telhado do terminal de chegadas, depois em um hangar de aeronaves. "Queríamos ser independentes da rede elétrica", disse Jose Thomas, gerente geral do aeroporto. No ano passado, o aeroporto contratou a empresa alemã Bosch para construir uma enorme usina solar de 45 acres – 180.000m² - em terras não utilizadas perto do terminal de carga internacional.

Foto - money.cnn.com As dezenas de milhares de painéis geram, em média, um pouco mais do que os cerca de 48.000-50.000 kilowatts de energia que o aeroporto - o sétimo mais movimentado da Índia - usa por dia, segundo Thomas. A energia excedente é alimentada na rede elétrica mais ampla. A usina entrou em operação em agosto de 2016, tornando Cochin o primeiro aeroporto totalmente movido a energia solar do mundo. O grande projeto custou cerca de 620 milhões de rúpias (US $ 9,3 milhões), uma quantia que o aeroporto espera economizar em menos de seis anos por não ter que pagar mais as contas de eletricidade. Também estima que a usina solar evitará mais de 300.000 toneladas métricas de emissões de carbono da energia do carvão nos próximos 25 anos.

Fonte - http://money.cnn.com/2016/03/14/technology/india-cochin-solar-powered-airport/index.html

Notícias em destaque
Notícias recentes
Arquivo
Siga-nos
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

© 2018 by Ideologia Coletiva. Todos os direitos reservados.