Empresa da Indonésia cria sacola biodegradável feita de mandioca que é comestível, compostável, e at

Cada vez mais países estão se movendo para proibir ou cobrar os clientes por sacolas plásticas de uso único, em um esforço para reduzir seu impacto ambiental. Mas uma start-up da Indonésia criou uma ainda solução melhor. A empresa Avani Eco Bags desenvolveu sacolas para parecer, sentir e funcionar como plástico, mas com benefícios mais biodegradáveis, além de não ser tóxica e poder ser reciclada.

Imagem - Avani Eco Bags

Os sacos - 100% compostáveis ​​e inofensivos para consumo animal - são feitos de raiz de mandioca (uma grande fonte de carboidratos) e tinta não tóxica à base de soja ou água. Muitos outros produtos Avani são fabricados com fontes igualmente renováveis, como milho ou cana-de-açúcar. Projetados para compostagem, os Eco Bags são menos prejudiciais do que os plásticos tradicionais quando são jogados na praia ou em uma floresta. A empresa afirma que eles biodegradam dentro de 90 dias e podem ser consumidos pela vida selvagem. E quando submersa em água quente, a sacola se dissolve em cerca de um minuto, deixando para trás apenas o chá de mandioca, que a empresa disse ser seguro para beber. A Indonésia, segundo o site da empresa, é "considerada pela maioria como uma ilha tropical paradisíaca com praias de areia branca, mas a verdade é que as praias de Bali estão saturadas de lixo e detritos, e a maior parte desse lixo é de plástico". "Nosso objetivo é ajudar a reabilitar a ilha, oferecendo alternativas sustentáveis ​​e ecológicas para produtos perigosos que moradores e turistas usam todos os dias", segundo Avani.

Fonte: https://www.pcmag.com/news/351332/finally-a-plastic-bag-thats-safe-to-eat

Notícias em destaque
Notícias recentes
Arquivo
Siga-nos
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

© 2018 by Ideologia Coletiva. Todos os direitos reservados.