Primeira-ministra da Nova Zelândia anuncia plano para proibir sacolas plásticas descartáveis

A Nova Zelândia tornou-se o país mais recente a proibir o uso de sacolas plásticas descartáveis ​​em um esforço para combater a poluição por plásticos. Na sexta-feira, a primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, anunciou planos de eliminar gradualmente as sacolas plásticas descartáveis ​​no ano que vem para “cuidar do meio ambiente e preservar a reputação limpa e verde da Nova Zelândia”, informa o New Zealand Herald.

foto - www.theaustralian.com.au

“Todos os anos, na Nova Zelândia, usamos centenas de milhões de sacolas plásticas de uso único - uma montanha de sacolas, muitas das quais acabam poluindo nossos preciosos ambientes costeiros e marinhos e causam sérios danos a todos os tipos de vida marinha”, disse Ardern. "Assim como a mudança climática, estamos dando passos significativos para reduzir a poluição por plásticos, para que não passemos esse problema para as gerações futuras". Os varejistas da Nova Zelândia terão seis meses para deixar de fornecer as sacolas de uso único, ou enfrentar multas de até NZ $ 100.000 (US $ 66.000). Citando uma petição assinada por 65 mil pessoas, Ardern disse que a eliminação da poluição do plástico estava alinhada com a opinião pública. "É também o maior assunto sobre o qual as crianças escolares me escrevem", disse ela. A Nova Zelândia é uma das maiores produtoras de resíduos urbanos per capita no mundo desenvolvido, segundo dados do Banco Mundial. Segundo a ONU, a Nova Zelândia se junta a mais de 60 países que introduziram proibições e impostos sobre plásticos de uso único, incluindo a Índia e o Reino Unido.

Fonte: http://time.com/5363632/new-zealand-bans-single-use-plastic/

Notícias em destaque
Notícias recentes
Arquivo
Siga-nos
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

© 2018 by Ideologia Coletiva. Todos os direitos reservados.