Ibama destrói 16 mil armadilhas e impede captura de até 64 mil aves diariamente em rota migratória n

Desde o fim de setembro, a fiscalização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) apreendeu 16,1 mil armadilhas usadas para capturar aves da espécie arribaçãs, no sertão da Paraíba (PB).

foto - http://www.brasil.gov.br/

Os agentes incineraram os materiais que seriam capazes de prender quatro pássaros por dia, totalizando a captura de até 64,4 mil por dia. Além disso, a equipe ainda conseguiu resgatar 32 animais que retornaram ao seu habitat natural. Nesse período do ano, essas aves costumam fazer ninhos no chão. Assim, tornam-se presa fácil para os caçadores.A multa para os responsáveis pela caça ilegal nessa operação foi de R$ 96,5 mil.

foto - faunaefloradorn.blogspot.com

A arribaçã é uma ave migratória de dorso pardo, com duas faixas negras nas laterais da cabeça e manchas nas asas. Nesta época do ano, a espécie faz ninhos diretamente no solo da caatinga, em áreas chamadas de pombais, que chegam a ter 12 km² de extensão, com 3 a 4 ninhos por km². Este hábito torna a arribaçã uma presa fácil para caçadores.

foto - faunaefloradorn.blogspot.com

Fonte - https://www.ibama.gov.br/

http://www.brasil.gov.br/noticias/meio-ambiente/ibama-evita-trafico-de-cerca-de-64-mil-aves-silvestres-na-paraiba

Notícias em destaque
Notícias recentes
Arquivo
Siga-nos
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

© 2018 by Ideologia Coletiva. Todos os direitos reservados.