Companhia aérea britânica EasyJet planeja lançar aviões elétricos até 2030.

Passageiros que gostam de viajar e se preocupam com o impacto das viagens aéreas no meio ambiente poderão em breve optar por uma alternativa muito mais limpa. A EasyJet, companhia aérea britânica de baixo custo, prometeu desenvolver uma frota de aviões elétricos para cobrir as rotas de curta distância até 2030, o que efetivamente reduziria as emissões de carbono e o ruído de suas operações.

foto - cnntravel.com

A empresa está em parceria com a fabricante norte-americana Wright Electric para construir aviões movidos a bateria para vôos de menos de duas horas. Fundada em 2016, a Wright Electric já possui um avião elétrico de dois lugares e planeja começar a voar no ano que vem com um de nove lugares. O avanço tecnológico está "acelerando rapidamente", brinca o diretor-executivo da companhia, Johan Lundgren. Falando do aeroporto Schiphol de Amsterdã, ele disse: "Dos aviões de dois lugares, que já estão voando, para o de nove lugares, que voará no ano que vem, o vôo elétrico está se tornando realidade e agora podemos prever um futuro que não é dependente exclusivamente de combustível de aviação. A Wright Electric prevê que os aviões elétricos serão até 50% mais silenciosos e 10% mais baratos que as aeronaves tradicionais para as companhias aéreas comprarem e operarem. O CEO Jeffrey Engler disse: "Estamos entusiasmados com o que o próximo ano nos reserva. A EasyJet tem sido uma parceira fantástica e estamos ansiosos para ajudar a introduzir a aviação de baixo nível de emissões e baixo ruído na Europa. Dado o contínuo aumento do preço do combustível de aviação, muitas companhias aéreas acolheriam uma maneira de reduzir as emissões, o ruído e os custos de viagem.

Fonte - https://edition.cnn.com/travel/article/electric-easyjet-planes-intl/index.html

Notícias em destaque
Notícias recentes
Arquivo
Siga-nos
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

© 2018 by Ideologia Coletiva. Todos os direitos reservados.