França se torna o primeiro país da Europa a proibir todos os cinco pesticidas que matam abelhas

A França deu o primeiro passo radical no sentido de proteger sua população de abelhas, tornando-se o primeiro país da Europa a proibir todos os cinco pesticidas que os pesquisadores acreditam estar matando os insetos. A medida para proibir os cinco neonicotinóides foi saudada por apicultores e ambientalistas, mas os produtores de cereais e de beterraba açucareira alertam que isso poderia deixá-los indefesos na proteção de cultivos valiosos contra outros insetos nocivos.

foto - pbs.org

Ao impor a proibição geral, a França está indo além da União Européia, que votou pela proibição do uso de três neonicotinóides - clotianidina, imidacloprida e tiametoxam - em campos de cultivo a partir de 19 de dezembro. A França proibiu esses três, juntamente com o tiaclopride e o acetamipride, não apenas ao ar livre, mas também em estufas.

Inicialmente contestada, a Grã-Bretanha apoia agora a proibição menos abrangente da União Européia devido a evidências que apóiam alegações de que os produtos químicos contribuem para o "desordem do colapso das colônias", um fenômeno que viu populações de abelhas despencarem em até 90% em alguns casos. Mas estudos científicos mostraram que os neonicotinóides cortam a contagem de espermatozóides das abelhas e misturam suas habilidades de memória e direção. Pesquisas recentes nesta semana sugerem até que as abelhas podem desenvolver um perigoso vício em inseticidas, bem como os fumantes de nicotina. "Há pesticidas em todo o lugar", Fabien Van Hoecke, um apicultor de Saint-Aloué, na Bretanha, que perdeu 86% de suas abelhas durante o inverno. Embora a proibição tenha sido "uma coisa boa, não nos salvará", lamenta ele, prevendo que assim que forem retirados, eles serão "substituídos por outros".

Fonte - https://www.telegraph.co.uk/news/2018/08/31/france-first-ban-five-pesticides-killing-bees/

Notícias em destaque
Notícias recentes
Arquivo
Siga-nos
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

© 2018 by Ideologia Coletiva. Todos os direitos reservados.