Italianas criam seda vegana feita do bagaço da laranja que produz tecidos leves e sustentáveis

A indústria da moda ocupa o segundo lugar no ranking das mais poluentes, sendo que boa parte do que é produzido acaba, de uma maneira ou de outra, gerando impacto ambiental. Dados como este deixam claro a necessidade desse setor se reinventar, encontrando outros materiais, como por exemplo a seda vegana feita do bagaço da laranja.

foto - orangefiber.it

Desenvolvida por duas italianas – Adriana Santanocito e Enrica Arena, a empresa Orange Fiber reaproveita o insumo proveniente da indústria italiana de suco de laranja, cerca de 700 mil toneladas por ano, para criar um tecido que promete revolucionar a moda de luxo. Feita a partir da celulose do bagaço, a seda é leve, suave e pode ser opaca ou brilhante. Tamanha inovação já rendeu alguns prêmios para as empreendedoras, como por exemplo o de Mudança Global da Fundação H&M, organização que fomenta projetos de sustentabilidade. A Orange Fiber também foi selecionada para participar de um programa de aceleração de startups, Fashion for Good – Plug and Play Accelerator, que acontece na Holanda. No fim do ano passado a francesa Chanel divulgou que não vai mais trabalhar com peles e couro, um grande estímulo para que outras grandes marcas passem a fazer o mesmo. A seda vegana já está sendo usada para produzir os artigos têxteis de luxo da grife italiana Salvatore Ferragamo e este é apenas o começo.

Reprodução - https://www.hypeness.com.br/2019/01/seda-vegana-feito-do-bagaco-da-laranja-possibilita-tecidos-leves-e-sustentaveis/?utm_source=facebook&utm_medium=hypeness_fb&fbclid=IwAR0AqfPNohMAT0JfoBQLf8DA5oCSorZnuIv-8r6uHw61ljuiB3yU4I_nDxE

Notícias em destaque
Notícias recentes
Arquivo
Siga-nos
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

© 2018 by Ideologia Coletiva. Todos os direitos reservados.