Curitiba vai duplicar ciclovias - que gera energia solar - e deve contar com mais 200 km até 2025

Mais uma boa notícia para os ciclistas curitibanos. Depois de testar um piso de ciclovia que gera energia, a cidade anunciou a ampliação da sua malha cicloviária. Até 2025, deverão ser instalados mais 200 km de ciclovias, ciclofaixas e outras vias para bicicletas. O projeto é parte do Plano de Estrutura Cicloviária desenvolvido pela Prefeitura de Curitiba. Segundo o documento, a meta é que a cidade atinja 408 km de vias para ciclistas, sempre privilegiando a integração dos diversos meios de transporte. Espera-se que, assim, seja possível aliar a bicicleta ao uso de transporte público, tornando a locomoção na cidade mais eficiente.

foto - ciclovivo.com.br

Como a iniciativa busca priorizar a integração entre os modais, os terminais de Tatuquara, Hauer e Campina do Siqueira passarão a contar com vestiários para e bicicletários com 108 vagas cada. Para 2019, o objetivo é a instalação de 28,8 km de ciclovias, integrando o transporte a avenidas importantes, universidades e áreas com grande fluxo de pessoas. Após essa fase, a quantidade de vias destinadas à ciclomobilidade estará próxima da meta de 5% sugerida pela legislação. Atualmente, Curitiba tem 208,5 km de estruturas cicloviárias, sendo quase metade do total é composto por calçadas compartilhadas. Ao final do projeto, as estruturas para bicicletas deverão corresponder a 8,5% da malha viária da cidade. Reprodução - https://www.hypeness.com.br/2019/04/curitiba-vai-duplicar-ciclovias-e-deve-contar-com-mais-200-km-ate-2025/

Notícias em destaque
Notícias recentes
Arquivo
Siga-nos
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

© 2018 by Ideologia Coletiva. Todos os direitos reservados.