Conheça o projeto da Tailândia que utiliza aviões do exército para bombardear o país com sementes e

Em julho de 2013, a Tailândia anunciou um projeto ambicioso para combater o enorme problema de desmatamento do país, e utilizando a Força Aérea Real da Tailândia lançou milhares de sementes sobre uma reserva de vida selvagem em Phitsanulok. O processo, conhecido como reflorestamento aéreo, foi a idéia de um piloto da força aérea britânica chamado Jack Walters. Embora ele tenha desenvolvido o método, Walters não foi capaz de colocá-lo em prática até que foi adotado pela empresa aeroespacial americana Lockheed Martin.

foto - atlasofthefuture.org

As missões de plantio são realizadas por aeronaves C-130, que são originalmente empregadas para derrubar minas terrestres, usando caixas de metal pontiagudas que se enterram como se fossem plantadas à mão e se desintegram para permitir que as raízes das árvores se espalhem. Eles contêm sementes, fertilizantes e um material esponjoso para absorver água e têm uma taxa de sucesso de 70%. “As possibilidades são incríveis. Podemos voar e plantar mais de 3.000 árvores por minuto em um padrão através da paisagem, exatamente como fizemos com as minas terrestres, mas neste caso cada “bomba” contém uma muda. São 125.000 árvores para cada vôo e 900.000 árvores em um dia ”, disse um porta-voz da Lockheed ao Guardian. O resultado do projeto é incrível, e já aumentou a cobertura florestal do país em mais de 5% desde 2013. Essas “bombas de sementes” incluíam diversas variedades de árvores como Karanda, Mee e Kumbuk e eram compostas por 48 diferentes composições de tratamentos e meios que ajudariam a germinação e o crescimento das sementes embebidas depois de serem espalhadas no chão da floresta a partir do ar.

Fonte - http://theplaidzebra.com/thai-military-bombing-country-seeds-fight-deforestation/

Notícias em destaque
Notícias recentes
Arquivo
Siga-nos
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

© 2018 by Ideologia Coletiva. Todos os direitos reservados.