Mais de dez toneladas de lixo foram removidas do Monte Everest

Nas residências do Nepal, itens que vão de potes a luminárias, fabricados com os resíduos abandonados no Everest estão aumentando de número cada vez mais, à medida que autoridades e empresas buscam novas formas de combater os danos causados ​​por décadas de montanhismo comercial.

foto - breakingasia.com

Devida à imensa dificuldade de acesso ao local, toneladas de lixo - incluindo latas, garrafas, botijões de gás, plásticos e equipamentos de escalada descartados - estão espalhadas pela montanha, que infelizmente foi apelidada de “a lixeira mais alta do mundo”. Após fortes críticas à condição de um de seus maiores patrimônios naturais, o governo do Nepal e os grupos de montanhismo deste ano organizaram uma limpeza que durou seis semanas. Escalando quase 8.000 metros do acampamento base até o acampamento mais próximo do cume, uma equipe de 14 pessoas recuperou mais de 10 toneladas de lixo que foi transportado ou levado para os centros de reciclagem em Katmandu. Os trabalhadores do centro classificaram manualmente os materiais - cada tipo seguindo um caminho diferente para a reciclagem: o ferro foi enviado para empresas de fabricação de barras, latas de alumínio trituradas para fabricantes de utensílios e garrafas descartadas transformadas em utensílios domésticos. Esses produtos agora são utilizados ​​em hotéis, restaurantes e residências de luxo na capital, e um dos responsáveis pela limpeza diz que há um interesse crescente do consumidor em produtos feitos com restos de material recuperado do Everest.

Fonte - https://www.breakingasia.com/news/ten-tons-of-trash-removed-from-mount-everest/

Notícias em destaque
Notícias recentes
Arquivo
Siga-nos
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

© 2018 by Ideologia Coletiva. Todos os direitos reservados.