Alemanha irá banir o glifosato até 2023 para salvar as abelhas

A Alemanha anunciou que irá banir o glifosato, utilizado como pesticida, porque ele destrói populações de insetos cruciais para os ecossistemas e a polinização de culturas alimentares, principalmente as abelhas. O produto químico, também suspeito por especialistas de causar câncer em seres humanos, será banido até o final de 2023, quando expirar o período de aprovação da UE, segundo ministros. Os biólogos começaram a alertar sobre o glifosato após observarem a queda das populações de insetos, o que afeta a diversidade de espécies e danifica os ecossistemas, interrompendo as cadeias alimentares naturais e a polinização de plantas.

foto - intelligentliving.com

"O que prejudica os insetos também prejudica as pessoas", disse a ministra do Meio Ambiente Svenja Schulze, que alertou para o futuro em que frutas e plantas poderão se tornar um luxo. "O que precisamos é de mais zumbido e zumbido", acrescentou Schulze, enfatizando que "não vale a pena viver um mundo sem insetos". A Bayer, dona da Monsanto e produtora do glifosato chamado RoundUp, se opôs à proibição unilateral da Alemanha, argumentando que o produto químico poderia ser usado com segurança e era "uma ferramenta importante para garantir a sustentabilidade e a produtividade da agricultura". A Áustria se tornou o primeiro membro da UE a proibir o uso de glifosato em julho, com restrições também em vigor na República Tcheca, Itália e Holanda. A França planeja eliminar gradualmente até 2023.

Fonte - https://www.theguardian.com/environment/2019/sep/04/germany-ban-glyphosate-weedkiller-by-2023

Notícias em destaque
Notícias recentes
Arquivo
Siga-nos
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

© 2018 by Ideologia Coletiva. Todos os direitos reservados.