© 2018 by Ideologia Coletiva. Todos os direitos reservados.                                 

Lixo recolhido no carnaval de rua deve ser transformado em lixeiras sustentáveis em cinco capitais brasileiras

February 21, 2020

 

Na tentativa de promover um carnaval de rua mais sustentável, as prefeituras de cinco capitais brasileiras firmaram parceria com Associação Nacional de Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis (ANCAT) para que o lixo recolhido nas vias ganhe uma destinação ecológica e retorne às cidades como lixeiras sustentáveis após os festejos de rua. 
 
O projeto é uma iniciativa da Ambev, a empresa que patrocina oficialmente o carnaval em São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Salvador e Belo Horizonte. Nos cálculos da companhia, as cinco capitais devem ganhar ao menos duas mil novas lixeiras ao final dos festejos de rua. Essas lixeiras serão construídas com parte dos resíduos gerados pelos 26 milhões de foliões que, segundo as estimativas da Ambev, devem participar dos cortejos nessas cinco cidades.

                                                                                                                   foto - g1.globo.com/


A Ambev tem o contrato de exclusividade do carnaval de rua nessas capitais. Assim, a empresa apresentou às cinco prefeituras a ideia de instalar tendas de reciclagem em todos os maiores circuitos de blocos de rua, tentando diminuir o impacto ambiental do lixo gerado pelos foliões. As praças foram escolhidas por terem os maiores carnavais de rua do país. 

 

Para dar corpo à ação, a ANCAT e mais duas entidades de catadores cadastraram cerca de 2.800 catadores e catadoras de material reciclável, que já estão atuando nessas capitais na coleta dos resíduos deixados pelos foliões. 

 

Em São Paulo, por exemplo, o folião que participou os festejos de rua do chamado pré-carnaval certamente se deparou com algum desses catadores uniformizados, fazendo a coleta de latas, garrafas e outros materiais deixados ao longo dos grandes cortejos que aconteceram no último fim de semana. 

 

“A ideia não é apenas cumprir as metas e compromissos de sustentabilidade traçadas pela empresa para os próximos anos, mas reverter isso em benefícios para as cidades, para que o compromisso ecológico não fique restrito apenas ao período de carnaval”, diz Rodrigo Figueiredo, vice-presidente de Sustentabilidade e Suprimentos da Cervejaria Ambev.

 

 

Reprodução - https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/carnaval/2020/noticia/2020/02/19/lixo-recolhido-no-carnaval-de-rua-deve-ser-transformado-em-lixeiras-sustentaveis-em-cinco-capitais-brasileiras.ghtml

Please reload

Notícias em destaque

Rebanho de 120 cabras selvagens percorre livremente em cidade do País de Gales após quarentena

April 2, 2020

1/10
Please reload

Notícias recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga-nos
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle