Águias-rabalvas, dadas como extintas, são vistas na Inglaterra pela 1ª vez em 240 anos

Infelizmente, durante séculos as gloriosas águias-rabalvas foram caçadas por nós seres humanos. Com isso, a maior parte do seu habitat natural ou foi destruído ou tomado por nós, principalmente no norte da Europa e na Ásia. No Reino Unido por exemplos, elas praticamente foram extintas. Pelo menos é o que se imaginava. Mas felizmente, com um retorno triunfante, elas estão sendo vistas novamente após mais de 200 anos.

foto - asomadetodosafetos.com

Pra se ter uma ideia, desde 2001 essas águias foram oficializadas como extintas na região do Parque National Glenveagh, na Irlanda, quando, com a ajuda da ONG Golden Eagle Trust, elas precisaram ser reintroduzidas no ecossistema, recuperando assim a sua população. Enquanto isso na Inglaterra, as águias-rabalvas haviam sido declaradas extintas tanto das costas e quanto das falésias após centenas de anos. Mas daí a natureza mostrou mais uma vez para o ser humano que ela é imbatível: um espécime da águia foi visto sobrevoando a cidade de York. Portanto, esta é a primeira vez em praticamente 240 anos que uma águia-rabalva é vista em linhas inglesas. Mas esse retorno só aconteceu por causa do grandetrabalho conduzido pelas ONGs Roy Dennis Wildlife Foundation e pela Forestry England, que, durante cinco anos, trabalharam incansavelmente com o objetivo de proteger as aves em outros territórios, além de incentivarem alguns casais de águias a retornarem para seu antigo lar e, por consequência, acasalarem. Passei boa parte da minha vida trabalhando na reintrodução desses pássaros incríveis e, por isso, vê-los subir aos céus da Ilha de Wight foi um momento verdadeiramente especial”, declarou Roy Dennis.

Reprodução - https://www.asomadetodosafetos.com/2020/04/aguias-rabalvas-dadas-como-extintas-sao-vistas-na-inglaterra-pela-1a-vez-em-240-anos.html

Notícias em destaque
Notícias recentes
Arquivo
Siga-nos
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

© 2018 by Ideologia Coletiva. Todos os direitos reservados.