São Paulo aprova Projeto de Lei ‘Água da Casa’, que vai diminuir o consumo de garrafas plásticas

O Projeto de Lei Água da Casa (PL No 450/2015), de autoria do vereador Xexéu Tripoli (PMDB), foi aprovado em segunda votação na Câmara Municipal de São Paulo.

O projeto propõe que bares, hotéis, restaurantes, lanchonetes, padarias, cafeterias e todo tipo de estabelecimento que comercialize água engarrafada na Cidade de São Paulo, sejam obrigados a servirem gratuitamente água filtrada para seus clientes, sempre que esta for solicitada.

Foto - hipress.com.br

A iniciativa pode diminuir o consumo de garrafas plásticas na cidade, uma vez que os consumidores podem optar pela “água da casa” dispensando as embalagens, muitas vezes desnecessárias.

Através do PL, Xexéu Tripoli reforça o engajamento da Cidade de São Paulo para o pleno cumprimento do Compromisso Global da Nova Economia do Plástico, assinado pelo prefeito Bruno Covas em 2019.

São Paulo é a primeira cidade do Hemisfério Sul a endossar o pacto de soluções para a crise do plástico, junto com mais 350 organizações, entre elas o Governo do Reino Unido e França, as cidades de Austin e Ljubljana e algumas das maiores empresas do mundo.

O Compromisso Global é uma iniciativa da ONU Meio Ambiente e da Fundação Ellen MacArthur, sendo o maior plano de ações para reverter a crise do consumo plástico no planeta.

O vereador é também autor de outras Leis que reforçam seu compromisso com a causa ambiental, como a Lei do Canudo (Nr. 17.123/2019), que proíbe a distribuição de canudos em estabelecimentos comerciais, e a Lei da Diminuição do Fornecimento de Plástico de Uso Único (Nr. 17.261/2020) que impõem o banimento de produtos plásticos descartáveis em estabelecimentos comerciais, copos, pratos, talheres, canudos, mexedores de bebidas e varas de balões.

Reprodução - https://ciclovivo.com.br/planeta/desenvolvimento/sao-paulo-aprova-projeto-de-lei-agua-da-casa/

Notícias em destaque
Notícias recentes
Arquivo
Siga-nos
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

© 2018 by Ideologia Coletiva. Todos os direitos reservados.