Quase todo o óleo que foi derramado na costa das Ilhas Maurício já foi bombeado

Quase todo o óleo combustível do navio japonês que causou um enorme vazamento de óleo na costa das Ilhas Maurício já foi bombeado, segundo o primeiro-ministro Pravind Jugnauth. A operação foi uma corrida contra o tempo, acrescentou, em meio a temores de que navio “MV Wakashio” se quebrasse ao meio.

O navio, que supostamente transportava 4.000 toneladas de óleo combustível, encalhou em um recife de coral no dia 25 de julho. O local é o lar de recifes de coral mundialmente conhecidos e populares entre os turistas.

Foto - scubadivermag.com

Durante a limpeza, o oléo foi transferido da costa por helicóptero para outro navio de propriedade da mesma empresa japonesa, Nagashiki Shipping.

A França enviou um avião militar com equipamento de controle de poluição de sua ilha vizinha de Reunião, enquanto o Japão enviou uma equipe de seis membros para ajudar os esforços franceses. A guarda costeira do local e várias unidades da polícia também estão ajudando, no sudeste da ilha.

Pravind disse que mais de 3.500 das 4.000 toneladas de óleo dos reservatórios de combustível do navio foram bombeadas. Uma pequena quantidade permaneceu a bordo em outro lugar. O porta-voz da polícia, Shiva Cooten, disse que "ainda há trabalho a fazer, mas a situação está sob controle".

Reprodução - https://www.bbc.com/news/world-africa-53750151

Notícias em destaque
Notícias recentes
Arquivo
Siga-nos
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

© 2018 by Ideologia Coletiva. Todos os direitos reservados.