Após críticas, USP vai substituir muro de vidro na Marginal Pinheiros por corredor ecológico

Depois de quase quatro anos sem solução para o problema dos vidros quebrados constantemente, pássaros mortos, e falta de manutenção, a Universidade de São Paulo (USP) decidiu substituir o muro de vidro implantado pelo então prefeito João Doria (PSDB) na extensão da raia olímpica, na Marginal do Pinheiros, por um corredor verde. A mudança foi anunciada pelo novo reitor da universidade, Carlos Gilberto Carlotti Junior, que disse que a nova proposta é mudar o conceito do espaço, transformando a área em um “corredor sustentável”.

“O projeto que me foi apresentado, e que eu achei bastante interessante, foi a mudança de conceito. Ou seja, nós saímos de um conceito de muro, seja ele de tijolo, seja de vidro, para o conceito de um corredor verde, um corredor ecológico que muda as características daquela região, daquele limite entre a universidade e a Marginal Pinheiros”, declarou Carlotti Junior em entrevista à CBN.


Com a promessa de mudar a paisagem, ele agora dará lugar a um corredor verde de árvores. Prevista para ser entregue em sessenta dias, ao custo de R$ 160 mil, a 1ª etapa da obra inclui a instalação de gradis em quarenta e cinco espaços vazios (onde os vidros quebraram ou não foram colocados), que irão receber a nova arborização. Segundo o reitor, o projeto de corredor verde foi apresentado pela nova prefeita do Campus da USP na Capital, Raquel Rolnik, e não vai precisar da retirada de 100% do muro de vidro colocado por João Doria, em parceria com a iniciativa privada.

"O projeto envolve a permanência de tudo o que foi feito. Será aproveitado tudo o que já foi realizado. Naquele espaço vazio onde os vidros estão quebrados ou aqueles ainda que não foram instalados, nós vamos colocar gradis e com bastante verde nesses gradis. Aumentar a quantidade de verde tanto do lado da Marginal, quanto do lado da raia olímpica”, disse o reitor.


Fonte - https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2022/03/22/usp-vai-substituir-muro-na-marginal-pinheiros-por-corredor-ecologico-apos-quatro-anos-sem-solucao-para-vidros-quebrados.ghtml

Notícias em destaque
Notícias recentes
Arquivo
Siga-nos
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle