Dinamarca ganha fazenda vertical que cultivará mil toneladas de orgânicos por ano de forma sustentáv

Se você comprar alface no inverno na Dinamarca, provavelmente será importada da Espanha ou Itália - ou até mesmo do Quênia. Mas uma nova fazenda vertical indoor nos arredores de Copenhagen em janeiro do ano que vem começará a produzir 1.000 toneladas métricas de verduras por ano localmente.


A empresa dinamarquesa que administra a fazenda, em parceria com um provedor de tecnologia taiwanês, diz que fazendas semelhantes, cobrindo uma área do tamanho de 20 campos de futebol, poderiam suprir totalmente a demanda de verduras do país.


A fazenda é obra da YesHealth Group, uma empresa taiwanesa que passou a última década desenvolvendo tecnologia de agricultura vertical. A empresa desenvolveu a maior fazenda vertical de Taiwan, que é lucrativa (ao contrário de várias startups de fazendas verticais na América do Norte), e a maior fazenda vertical da China (a fazenda chinesa fornece alimentos aos funcionários em vez de vendê-los).


Na Dinamarca, está fazendo parceria com a Nordic Harvest, uma startup que visa tornar a produção de alimentos mais sustentável por meio da tecnologia.


Como a maioria das outras fazendas cobertas, a instalação usa hidroponia, tecnologia que cultiva alimentos com pouca água e não requer o uso de pesticidas. (Também evita o risco de surtos de doenças como a salmonela, que podem ocorrer em fazendas ao ar livre.) A empresa fabrica suas próprias lâmpadas LED, que se tornaram muito mais eficientes na última década; a eletricidade é um dos maiores custos desse tipo de agricultura.


Quando as verduras forem vendidas emsupermercados dinamarqueses no início de janeiro, eles terão preços semelhantes aos verduras orgânicas.




Fonte - https://www.fastcompany.com/90582905/this-vertical-farm-in-denmark-will-grow-1000-tons-of-local-greens-a-year

Notícias em destaque
Notícias recentes
Arquivo
Siga-nos
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle