Geração de energia solar no Brasil cresceu 58% em 2020 contando com um investimento de R$ 13 bilhões

Foi um ano ensolarado para a indústria de energia fotovoltaica. Apesar do estrago causado pelo coronavírus na economia, o setor é um dos com mais motivos para festejar o ano de 2020. Com preços mais com preços mais competitivos — uma vez que o custo de instalação de energia solar no Brasil caiu mais de 90% na década –, a geração via painéis solares cresceu 58% na comparação com 2019. Para 2021, o setor anseia pelo projeto de lei 5829/19, que entrou em regime de urgência na Câmara e garantiria desconto de 100% em encargos e tarifas de uso dos sistemas de transmissão e de distribuição a micro e minigeradores de energia solar, o que deixaria a instalação dos painéis ainda mais atraente.


Um dos fatores que joga a favor do Brasil na balança é a própria tropicalidade do nosso país. Na Europa, onde a transição energética para fontes renováveis está mais avançada, o fator de capacidade é de aproximadamente 10%, enquanto no Brasil esse índice chega aos 30%. “Ao atrair novos investimentos e dezenas de milhares de novos empregos, o setor contribuiu com a recuperação econômica sustentável do país em 2020”, analisa Rodrigo Sauaia, presidente da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar). O estado de Minas Gerais lidera a geração de energia solar, com 19,2% do total produzido no país. Com a procura cada vez maior pelos painéis solares, os grandes bancos ampliaram os prazos de financiamento das instalações.


Mesmo diante da pandemia de Covid-19, o ano de 2020 comprovou a crescente competitividade da fonte solar fotovoltaica. Desde 2012, quando a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) publicou a resolução normativa que permitiu aos consumidores realizarem a troca da energia gerada com a da rede elétrica, foram mais de 36 bilhões de reais em investimentos privados no Brasil, que permitiram a geração de 220 mil novos empregos e evitaram a emissão de 1,1 milhão de toneladas de CO2 na atmosfera. Ao todo, são 353 mil sistemas solares fotovoltaicos conectados à rede.




Reprodução - https://veja.abril.com.br/economia/geracao-de-energia-solar-cresceu-58-em-2020-e-espera-casa-verde-e-amarela/

Notícias em destaque
Notícias recentes
Arquivo
Siga-nos
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

© 2018 by Ideologia Coletiva. Todos os direitos reservados.