Girafas anãs são registradas pela primeira vez na natureza

Durante uma expedição fotográfica no Parque Nacional de Murchison Falls, em Uganda, na África, um grupo de pesquisadores identificou um exemplar incomum de girafa: apesar de ter o tronco do tamanho normal para espécimes adultos, suas pernas eram visivelmente curtas devido a uma deformidade morfológica. Esse mesmo tipo de girafa foi visto posteriormente na Namíbia pelos pesquisadores. Os especialistas acreditam que ambas as girafas são afetadas por uma condição semelhante à displasia esquelética (um termo genérico para doenças que afetam o comprimento dos membros, incluindo nanismo). O artigo, publicado no último dia 30 de dezembro na revista BMC Research Notes, é o primeiro a descrever girafas com essa condição na natureza.

A técnica utilizada para medir girafas é a fotogrametria, a mesma aplicada em elefantes. O método usa um telêmetro a laser para medir a distância entre os recursos de interesse. Medindo a distância entre os pixels digitais na foto e comparando-os com o tamanho real do objeto ou animal observado, é possível obter precisas de fotografias. Comparando esses dados, os pesquisadores conseguiram estabelecer que as duas girafas tinham, de fato, alturas diferentes. O animal de Uganda tinha uma falange (o segmento mais inferior da perna) com aproximadamente o mesmo comprimento de outros espécimes. Mas essa parte da perna do animal namibiano era encurtada, medindo 21,2 e 15,8 centímetros, respectivamente. Ambos os animais tiveram das patas e das pernas abaixo da média. Curiosamente, a girafa de Uganda compensa parte de sua baixa estatura com um pescoço um pouco mais longo que o de uma girafa adulta, com quase 1,5 metro — e o padrão é 1,4 metro. A girafa namibiana, por sua vez, ficou abaixo da média.


Reprodução - https://revistagalileu.globo.com/Ciencia/Biologia/noticia/2021/01/girafas-anas-sao-registradas-na-vida-selvagem-pela-primeira-vez.html



Registro em vídeo das girafas - https://www.youtube.com/watch?v=yf4NRKzzTFk&feature=emb_title

Notícias em destaque
Notícias recentes