Marca japonesa cria bota impermeável feita com borra de café

Aproveitando resíduos do café, a empresa japonesa de calçados Ccilu está inovando no ramo. É dela o primeiro calçado do mundo que usa majoritariamente café como matéria-prima. Cada par de botas evita que 15 xícaras de pó de café usado sejam destinadas ao aterro. A borra de café está presente na palmilha, no revestimento interno, no material do tecido e na sola. A bota também é composta por EVA ecológico, garrafa plástica reciclada, entre outros materiais. Foram três anos de desenvolvimento até se chegar ao calçado patenteado de alta tecnologia que deu origem a sonora marca XpreSole.

Além de reduzir o desperdício dos resíduos de café, a marca incorpora ao calçado benefícios naturais, como controle de odores.


Com matérias-primas ecológicas, a XpreSole produz sapatos impermeáveis testados em lama, granizo e neve. Apesar disso, são ultraleves: apenas 230 gramas. O peso é reduzido em dois terços em comparação com as botas à prova d’água tradicionais. O calçado ainda é bastante resistente, podendo ser lavada na máquina. Outra grande vantagem interessa especialmente aos veganos: os modelos são livres de insumos de origem animal. Para completar, cada bota é também flexível e confortável. “Queríamos criar um calçado que fosse eminentemente usável e adequado para várias ocasiões – seja para cruzar a cidade, fazer uma caminhada ou como parte de um traje casual elegante para uma saída noturna. Não é apenas uma bota – é um compromisso de reimaginar como a indústria produz calçados”, afirma Wilson Hsu, CEO da Ccilu. Lançados nos Estados Unidos com valores a partir de 89 dólares, os modelos estarão disponíveis, em breve, em cano alto e cano baixo e em quatro cores.

Fonte - https://ciclovivo.com.br/arq-urb/design/xpresole-bota-impermeavel-borra-de-cafe/

Notícias em destaque
Notícias recentes
Arquivo
Siga-nos
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle