Museu ecológico de Londres inaugura a escultura ‘Flower Girl’, que atrai as abelhas

Uma escultura instalada no jardim do Museu Horniman, amigo do ambiente, no sul de Londres, oferece benefícios físicos diretos para todas as criaturas vivas nas proximidades.


Flower Girl da artista Jasmine Pradissitto é inteiramente feita de NoxTek, um geopolímero de cerâmica de origem sustentável que absorve a poluição de dióxido de nitrogênio do ar. A obra retrata o rosto de uma mulher adormecida emoldurada por folhas giratórias. A escultura desempenha a função ativa adicional de ser capaz de absorver até 15% de seu próprio peso em moléculas de dióxido de nitrogênio. Quando chove, as toxinas absorvidas são lavadas, permitindo a ingestão contínua de poluição do ar circundante. Dado que o museu está situado próximo a uma das estradas mais movimentadas de Londres, a purificação é uma qualidade especialmente valiosa.



A arte é um veículo incrível de mudança”, afirma Jasmine. Ela acrescenta que foi inspirada a fazer um trabalho que “não apenas aumentava a conscientização, mas proporcionava interação.


O título da escultura é Flower Girl – Pois foi apenas com o suave zumbido das abelhas que ela pôde despertar, a ideia de que está adormecida e só recuperará a consciência ao ouvir o som dos outros grandes beneficiários da obra: a população de abelhas local. Pois, além de distribuir moléculas venenosas, outro subproduto desagradável do dióxido de nitrogênio é sua capacidade de mascarar o cheiro das flores, evitando assim que as abelhas encontrem seu alimento. Situado entre canteiros de flores ricos em néctar especialmente plantados e o hotel de abelhas recém-reaberto do Horniman, as propriedades de limpeza da Flower Girl estão agindo para limpar um “caminho de cheiros” e atrair uma população maior de abelhas para prosperar neste terreno até então inóspito.


Flower Girl e seus arredores amigáveis às abelhas são mais uma confirmação do papel pioneiro do Horniman como uma das instituições mais ecologicamente corretas do Reino Unido. No início do ano, o museu emitiu um Manifesto Climático e Ecológico, no qual seu diretor destacou que o Horniman era o único museu em Londres em que natureza e cultura podiam ser vistas juntas.


Reprodução - https://dasartes.com.br/de-arte-a-z/museu-de-londres-revela-uma-escultura-de-abelha-para-absorcao-de-nitrogenio/

Notícias em destaque
Notícias recentes
Arquivo
Siga-nos
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

© 2018 by Ideologia Coletiva. Todos os direitos reservados.