Vietnã cria reserva natural para proteger 40 espécies ameaçadas, incluindo o Saola.

ientistas de organizações e universidades internacionais ajudaram os saolas (Pseudoryx nghetinhensis), popularmente chamados de “unicórnios asiáticos”, a ganharem uma reserva natural no Vietnã, com o mais alto padrão de proteção ambiental do país.


Isso porque, em agosto de 2020, o governo vietnamita concordou em proteger os 22.132 mil hectares da floresta de Khe Nuoc Trong, localizada nas planícies Anamitas, que se estendem entre Vietnã, Laos e Camboja. Cientistas apontam a importância da preservação da floresta Khe Nuoc Trong, que, além de abrigar espécies ameaçadas, armazenam 50 mil toneladas de dióxido de carbono por ano.


É uma conquista inspiradora após mais de uma década de trabalho árduo. Agora seremos capazes de acessar um nível mais alto de fundos para a conservação dos governos locais e nacionais”, disse Pham Tuan Anh, presidente e cofundador da Viet Nature, uma das organizações conservacionistas responsáveis por pressionar a criação da reserva.


A tranformação do local em uma reserva ambiental proporciona um lar mais seguro para 40 espécies globalmente ameaçadas, à beira da extinção por madeireiros e caçadores. Isso inclui gibões (família Hylobatidae); espetaculares pássaros argus-com-crista (Rheinardia ocellata), semelhantes a pavões; e os saolas, que foram descobertos em 1992 e são um dos animais mais raros do mundo.


Khe Nuoc Trong pode ser fundamental para ajudar a preservar outras espécies ameaçadas de extinção, incluindo o muntíaco-gigante (Muntiacus vuquangensis), descoberto em 1994, e o faisão de Edward (Lophura edwardsi), uma ave encontrada apenas nas florestas tropicais do Vietnã que não é vista na natureza por décadas, mas que pode ser reinserida na reserva natural futuramente.

Fonte - https://revistagalileu.globo.com/Ciencia/Meio-Ambiente/noticia/2020/09/reserva-natural-no-vietna-protegera-saolas-os-raros-unicornios-asiaticos.html

Notícias em destaque
Notícias recentes