Yara Flor: Nova Mulher-Maravilha será brasileira e indígena, anuncia DC

É do Brasil! Nesta quinta-feira (15), a DC Comics anunciou o lançamento de Future State, novo evento em seu universo de quadrinhos, para o começo de 2021. Dentre os destaques, a nova Mulher-Maravilha, que será vivida por uma brasileira.


Por enquanto, há poucas informações sobre ela. Seu nome é Yara Flor, uma guerreira amazona vinda, veja só, da floresta amazônica. Além de assumir o posto da heroína, ela se juntará ao novo Superman, Jon Kent, filho de Clark Kent e Lois Lane – nessa realidade, Clark foi exilado da Terra após uma crise internacional.


 Essa, inclusive, será a pegada de Future State: apresentar novos personagens para os mantos consagrados da galeria de personagens da DC. Haverá, por exemplo, um novo Batman – na história, o original foi morto, e Gotham City passou a ser controlada pelo Magistrado. O herói, então, será o responsável por liderar os novos vigilantes da cidade.


Pela imagem, é possível notar algumas diferenças em relação à Mulher-Maravilha original. O Laço da Verdade de Yara, por exemplo, possui bolas no final da corda. Mas vale dizer: sua aparição não significa que Diana Prince morreu – a personagem clássica ganhará sua própria série, intitulada Immortal Wonder-Woman.


A nova Mulher-Maravilha será feita por Joëlle Jones. A artista norte-americana, conhecida pela série de quadrinhos Lady Killer, sobre mulheres assassinas, foi a primeira mulher a ilustrar HQs do Batman. Em 2019, ela veio ao Brasil para participar da CCXP.

Vale dizer que Yara Flor não será a única nem a primeira heroína brasileira da editora, que já lançou personagens como a Fogo e até um Lanterna Verde brasileiro.  



Reprodução - https://super.abril.com.br/cultura/dc-anuncia-nova-saga-nos-quadrinhos-com-mulher-maravilha-brasileira/

Notícias em destaque
Notícias recentes
Arquivo
Siga-nos
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

© 2018 by Ideologia Coletiva. Todos os direitos reservados.